Como Demitir um Funcionário?

Demitir Um Funcionario - Contabilidade em Brasília | Vértice Contadores e Associados S/S Ltda.

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A hora da demissão é um dos momentos mais tensos durante o relacionamento entre donos de empresas e funcionários. Ninguém gosta de ser demitido e, por mais de muito falado, nenhum patrão gosta de demitir um funcionário.

O processo de demissão é frustrante para ambas as partes, porque o funcionário acha que não corresponde às expectativas que não são adaptadas para a cultura e para a equipe. Por outro lado, o gestor pode pensar que fez tudo em seu poder para ajudar o funcionário ou falhou como líder, além de pensar que pode ser demitindo alguém que realmente precisa do emprego.

Por que um termo muito falado no universo corporativo deve ser colocado em prática. Nós estamos falando sobre o feedback infame. “Se a pessoa não está jogando bem ou não tem um comportamento inadequado, você deve dar feedback. Eu recomendo que, a cada mês, seja feita uma conversa sobre o assunto e, no final do terceiro mês, tomar a decisão final”.

Se depois de todo o processo de feedback e análise o empresário sentiu que a demissão de empregados é o melhor caminho, veja o protocolo que deverá ser seguido:

1 – Faça um check list com o RH antes da demissão: a data e a carta de demissão e fique por dentro do que a pessoa terá direito a receber;

2 – Converse com a pessoa em um ambiente fechado, para que ninguém saiba o que é. Diga que você já está falando sobre o seu desempenho e que, como não houve mudança positiva, ela está sendo demitido;

3 – Apóie o funcionário, porque este não é um momento fácil. Não se esqueça de assinar a carta de demissão.

4 – Chame o resto da equipe e falar que desligou a pessoa, você não deve expor a lenha, mas o objetivo desta palestra não está se espalhando pânico e deixar claro que era algo específico (se é que foi);

5 – Tente fazer com que esse processo seja o mais amigável quanto possível;

Os empresários devem evitar a proximidade de datas festivas como Natal e estar atentos aos prazos de estabilidade retornam de férias, ou licenças.

O empresário deve saber agir caso a pessoa reaja de maneira muito negativa, agressiva ou choro. “Você tem que aprender a agir. Se a pessoa começa a chorar, dê um tempo para ela chorar e se recupera, porque é um sinal de respeito. Se a pessoa é agressiva, comunique que você está percebendo a postura, você entende, respeita, mas que a decisão já foi tomada, de acordo com determinados critérios”.

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Vértice Contadores.

Temos o preparo necessário para te ajudar – tanto a se manter em conformidade legal, quanto a melhorar seus resultados a partir das nossas soluções relacionadas a tais aspectos:

  • Contabilidade Geral;
  • BPO Financeiro;
  • Contabilidade Consultiva;
  • Legalização e Processos.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito de sua tela.

Será um prazer conversar com você. Até logo!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Você está a um passo de revolucionar a gestão da sua empresa

Com o nosso apoio, administrar o seu negócio será muito mais fácil: todas as soluções que seu empreendimento precisa em um só lugar.

Recomendado só para você
2013 têm tudo para ser um ano muito promissor para…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat